Impactos da substituição da vegetação original do Cerrado brasileiro em sistemas agrícolas: alteração do carbono orgânico do solo e δ13C

Vania Rosolen, Thalia Mendes Resenden, Elias Nascentes Borges, Cristiane Tumang Frare, Henrique Amorim Manchado

Resumen

O Bioma Cerrado é uma área de expansão do agronegócio brasileiro e dentre as várias modificações ambientais relacionadas à conversão da vegetação em agricultura destaca–se alteração no teor do carbono orgânico do solo. Este estudo teve como objetivo avaliar as mudanças na quantidade (%) e natureza (δ13C) do carbono do solo após conversão do Cerrado denso (Cerradão) em áreas de pastagem manejada, pastagem não manejada, soja convencional e rotação soja/milho plantio direto implantados em solos com texturas distintas. Os resultados mostraram que a média do conjunto de dados da pastagem não manejada foi a que mais se distanciou do valor obtido no solo do Cerrado. Outro fator que determinou as menores concentrações de carbono orgânico foi a presença de solo fortemente arenoso. Os resultados do δ13C mostraram que foi mais nítida a substituição do carbono C3 original do Cerrado em carbono C4 de gramíneas nas áreas ocupadas por pastagens com ou sem manejo. Nas áreas de soja plantio convencional e consorcio soja/milho plantio direto, não foi possível encontrar tendência clara de empobrecimento ou enriquecimento do carbono bem como a substituição e incorporação de carbono de outra natureza que aquela do Cerrado.

Palabras clave

Cerrado; carbono total; carbono isotópico; sistemas agropecuários
Texto completo: PDF HTML

Herramientas del artículo

Envíe este artículo por correo electrónico (Inicie sesión)
Enviar un correo electrónico al autor/a (Inicie sesión)

Estadísticas del artículo

vistas descargas
anual histórico
vistas 97 502
descargas 64 412