Análise do potencial turístico nas regiões administrativas (RAs) de Campo Grande e Guaratiba zona oeste do Município do Rio de Janeiro (Brasil)

Vivian Castilho da Costa, Josilda Rodrigues da Silva de Moura

Resumen

O presente trabalho é uma síntese da dissertação de mestrado desenvolvida em duas Regiões Administrativas (RAs) da zona oeste do Município do Rio de Janeiro, quais sejam: RA de Campo Grande e RA de Guaratiba. Seus principais objetivos foram: avaliar o desenvolvimento e o potencial das atividades turísticas presentes nessas duas RAs, utilizando-se técnicas de geoprocessamento; e propor diretrizes gerais para sua implementação. A análise dos principais resultados foi feita de maneira individualizada, considerando que são RAs com realidades distintas, apesar de serem geograficamente contíguas. Neste processo, ficou explícita a necessidade, a curto prazo, de maior planejamento municipal e estadual na distribuição e caracterização do espaço reservado à expansão urbana. A avaliação do potencial turístico também veio mostrar diferenças significativas entre os processos de ocupação dessas duas RAs, além da natureza das atividades a serem implementadas de forma a aproveitar todo esse potencial.

Palabras clave

Potencial turístico; qualidade de vida urbana; geoprocessamento
Texto completo: PDF

Herramientas del artículo

Envíe este artículo por correo electrónico (Inicie sesión)
Enviar un correo electrónico al autor/a (Inicie sesión)

Estadísticas del artículo

vistas descargas
anual histórico
vistas 72 639
descargas 28 492